segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma ainda não alcançou o Bilhão

Parecia, mas não foi nesse final de semana que Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma ultrapassou o bilhão. Mesmo tendo sido relançado em 3D em 90 países (incluindo E.U.A e Canadá) o filme não conseguiu os 76 milhões necessários para que, somado com o que o filme já havia faturado chegaria ao 1 Bilhão. O filme fez 42 milhões no seu final de semana de estreia o que não foi suficiente. Desses 42, 22 milhões de dólares foram feitos nos E.U.A, maior que o fim de semana de estreia do relançamento de A Bela e a Fera ($17,000,000) mas menor que o de O Rei Leão ($30,000,000). Com isso podemos supor que o filme fechará nos E.U.A com algo em torno de 70 a 80 milhões e mundialmente uns 200 milhões está de bom tamanho. Talvez um pouco abaixo das espectativas iniciais mas bons números visto que se trata do relançamento em 3D de um filme já muito assistido e disponível para venda e locação em diversas lojas (fora que este filme faz parte da segunda trilogia, uma trilogia prelúdio, iniciada em 1999 e muito mais criticada que a trrilogia oiginal) Até o próximo domingo o filme precisa de mais 34 milhões o que faz com que ele chegue no bilhão. E agora é mais do que extremamente provável que ele consiga. Se conseguir (ou não) posto aqui no blog.

2 comentários:

  1. Eu sou da parcela que acha completamente desnecessário o relançamentos de grandes obras no formato 3D, na verdade não sou um entusiasta da tecnologia e vejo este fenômeno apenas como artifício caça níquel, haja vista a preocupação das produtoras em torna das cifras alcançadas...

    http://sublimeirrealidade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, J. Bruno, todos os relançamentos em 3D visam a bilheteria já que para converter um filme ao 3D não custa quase nada. Porém, para os fãs de Star Wars,por exemplo, rever a saga nos cinemas e pela 1ª vez em 3D é um prato cheio. É caça-níquel, mas deixa alguns felizes...

      Excluir