domingo, 29 de abril de 2012

Think Like A Man Repete nos E.U.A e Canadá; no Resto do Mundo Os Vingadores Quebram Recordes




Mesmo com a estreia de quatro filmes lá nos E.U.A e Canadá, quem dominou as bilheterias foi novamente Think Like A Man, que desta vez fez mais 18 milhões de dólares, elevando seu total por lá a pouco mais de 60 milhões. Em 2° lugar ficou um dos lançamentos da semana: o filme animado e em 3-D Piratas Pirados! Com $11,4 mi, o filme ainda pode ficar em terceiro lugar quando as bilheterias mais oficiais forem divulgadas na segunda, já que nos estimados Um Homem de Sorte ficou na sua cola com $11,3 mi. Em quarto, o fenomenal (pelo menos nos E.U.A e Canadá) Jogos Vorazes. O filme fez mais 11 milhões e com certeza ultrapassará a bilheteria final de Harry Potter e as Relíquias da Morte, parte 2 ($380 mi, por lá). Um feito espetacular para uma não-sequência. Em quinto com 11 milhões e alguma coisa também, ficou outra estreia: a comédia Cinco Anos de Noivado. Já na sexta e sétima posição ficou respectivamente as estreias Safe e O Corvo, ambas com um pouco mais de 7 milhões de dólares.



Já no resto do mundo quem dominou foi Os Vingadores, o projeto mega ambicioso da Marvel que reúne os heróis dos filmes O Incrível Huck, Homem de Ferro 1 & 2, Thor e Capitão América. A reunião dos heróis rendeu fenomenais 178 milhões dólares, estreando em 70% do mercado internacional. O filme ainda tem, para abrir, três grandes mercados: Rússia e China na semana que vem e Japão só em Agosto. Com isto, são grandes as chances de que o filme fará mais de 600 mi só fora dos E.U.A e Canadá, sendo que por lá mais de 359 mi são bem prováveis. Graças a, principalmente, a estreia de Os Vingadores, Batalha Naval (Battleship - Batalha dos Mares) caiu 63% e ficou em segundo lugar com 22 mi, elevando seu total a 170 milhões. Em terceiro o blockbuster surpresa da temporada Titanic 3D, colocando o total mundial somente do relançamento em 316 milhões de dólares. Na 4ª posição ficou American Pie - O Reencontro com mais de 14 mi. E em quinto  Jogos Vorazes com 7 mi elevando seu total mundial a mais de 600 milhões.

sábado, 28 de abril de 2012

Crítica: Os Dez Mandamentos



Sou um fã confesso de épicos, especialmente os mais antigos. Os Dez Mandamentos (The Ten Commandments, 1956) é mais um épico de longa duração (2hrs39min), grande elenco (70 personagens possuem diálogos no filme) e efeitos especiais primorosos para a época. Tudo isso para contar uma das histórias mais conhecidas de todos os tempos: a de Moisés, narrada no Êxodo, na Bíblia. O filme narra desde quando Bithian acha o bebê Moisés na cesta no rio até seus últimos dias, passando pela libertação dos hebreus e o recebimento das tábuas com os dez mandamentos.
Ao contrário de Cleopátra, este épico nem parece ser tão longo. Isso porque há todo o momento fatos importantes acontecem. As atuações são ótimas especialmente de Charlton Heston como Moisés, Yul Brynner como Ramsés II, Edward G. Robson como Datã e Anne Baxter como Nefretiri. Aliás, Anne acaba sendo a grande surpresa do filme, já que sua atuação (e a sua personagem) garantem muitas cenas boas. Os efeitos, como já disse, também são ótimos. Como exemplo temos as cortinas de fogo e a divisão do mar. Claro que comparados com os efeitos de hoje em dia, as cenas são bem falsas, mas se pensarmos no ano do lançamento do filme (1956) veremos como os efeitos são bons. E claro, o filme tem a  marca registrada de Cecil B. DeMille que dirigiu outros épicos como Cleópatra (a de 1934) e Sansão e Dalila (1949) mas que tem em Os Dez Mandamentos sua obra-prima e com certeza não só mais um épico mas um dos melhores. 

Crítica: Os Outros



É muito difícil, hoje em dia, alguém conseguir realizar um filme de suspense em que o terror não se faz presente graficamente. No entanto, há 11 anos, Alejandro Amenábar (diretor e roteirista de Os Outros (The Others, 2001)) conseguiu tal feito. A história de Grace Stewart (Nicole Kidman) que vive numa enorme mansão numa ilha remota no Reino Unido com seus dois filhos, Anne e Nicholas mostra como se fazer um fascinante filme de suspense. As crianças possuem uma rara doença que as impede de entrar em contato com a luz do sol ao que tudo indica, a casa em que vivem está sendo assombrada por fantasmas.
É bom destacar que o que cria os sustos no filme é, em grande parte, a aura da casa. São longos corredores, que ficam na maior parte do tempo escuros por causa da doença das crianças (ótima sacada de Amenábar) e do lado de fora a névoa espessa circunda a casa. Nicole Kidman está perfeita com sua atuação. Ela não interpreta aquela mocinha histérica que grita por qualquer coisa, mas sim uma mulher normal que está de frente com uma situação sobrenatural e desesperadora. De boas atuações, também temos Fionnula Flanagan como a babá suspeita e a pequena Alakina Mann como Anne. Também não posso deixar de destacar o final. Os últimos trinta minutos são totalmente assustadores, tensos, incríveis e, acima de tudo, surpreendentes. Com uma qualidade primorosa, Os Outros é uma obra de suspense/terror muito acima das demais. Altamente recomendável.

                                                           

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Os Vingadores começam a Mostrar sua Força nesta Semana

Um dos filmes mais aguardados deste estreia em muitos países nesta semana. O grande projeto cinematográfico da Marvel, elaborado deste o lançamento de Homem de Ferro em 2008, reúne os heróis dos cinco blockbusters : Homem de Ferro 1 & 2, O Incrível Huck, Thor e Capitão América. Se suas bilheterias ficam entre 263 milhões de dólares (O Incrível Huck) e 623 milhões (Homem de Ferro 2)  é extremamente provável que a bilheteria final de Os Vingadores será de no mínimo uns 200 milhões a mais que Homem de Ferro 2. Ainda há a possibilidade do filme chegar a mais de 1 bilhão e tomar o recorde de Batman - O Cavaleiro das Trevas ($1,100,000,000) e se tornar o filme de super-heróis mais lucrativo de todos os tempos. A hype dos Vingadores cresceu tanto no últimos meses que esta possibilidade se torna cada vez mais possível, graças a uma ótima campanha de marketing da Disney. Nos E.U.A e Canadá a temporada de verão (que é a época em que normalmente são lançados os grandes blockbusters) começa oficialmente na semana que vem quando o filme estreia por lá. Já nos outros países já começou com a estreia de Batalha Naval, que ao que parece não ganhará um sequência. Isso porque o filme conta com pouco mais de 130 milhões no cofre por enquanto e devido aos altos custos para produção do filme,é necessário que o filme fature pelo menos 600 milhões mundialmente, um total que por enquanto parece difícil já que o filme vem enfrantando o blockbuster surpresa Titanic 3D (sim, não se sabia que o filme seria um sucesso tão grande) e a partir dessa e das próximas semanas enfrentará Os Vingadores e Homens de Preto 3. Enfim, ao final fica a certeza do sucesso de Os Vingadores e mais um blockbuster de 2012, um ano que promete ainda muitos sucessos.

terça-feira, 24 de abril de 2012

Think Like A Man destrona Jogos Vorazes e Batalha Naval afunda Titanic 3D




Depois de um mês em primeiro lugar nas bilheterias dos E.U.A e Canadá, Jogos Vorazes caiu para terceiro.  O filme responsável por destronar este blockbuster colossal foi a estreia Think Like A Man, comédia com um elenco quase inteiro de afro-americanos, justamente o público alvo do filme. Mas, acabou que a comédia baseada no bestseller "Act Like a Lady, Think Like a Man" (podendo ser traduzido para "Aja Como uma Dama, Pense Como um Homem"), atingiu bem mais que o seu público alvo e fez ótimos 33 milhões de dólares. Já em segundo ficou outra estreia da semana: o filme romântico Um Homem de Sorte, baseado em mais um livro de Nicholas Sparks e protagonizado por Zac Efron. Um Homem de Sorte também superou as expectativas e fez 22 milhões. E, como já disse, Jogos Vorazes ficou em terceiro, com bons 14 milhões. Se analisarmos a bilheteria de Harry Potter e as Relíquias da Morte, parte 2 no mesmo número de dias em cartaz, Jogos Vorazes está menos de 500 mil atrás de Potter, e provavelmente acabará por ultrapassar a bilheteria final deste. Isso só demosntra o quanto Jogos é um sucesso, visto que o primeiro filme desta franquia conseguiu ser mais popular do que o último filme de uma franquia de mais de 10 anos. E em quaro lugar, também surpreendendo, ficou Chmpanzee, o quarto documentário da Disneynature com mais de10 milhões.


E fora dos E.U.A, o campeão foi Batalha Naval que trocou de posições com Titanic 3D, que afundou para o segundo lugar. Batalha Naval fez mais 60 milhões de dólares elevando seu total a mais de 130 mi. Batalha Naval só estreia nos E.U.A e Canadá no dia 18 de maio, mas decidiu que fora, sua estreia ocorreria antes para evitar confronto com o futuro blockbuster Os Vingadores e o possível blockbuster Homens de Preto 3. Em segundo o relançamento de Titanic em 3D fez mais  33 milhões, elevando seu total mundial a excelentes 278 mi, sendo que destes, 105 mi são só da China. Na terceira posição temos Jogos Vorazes, que há semanas vem se segurando bem e agora fez mais 14 milhões, colocando seu total mundial em 575 mi. E em quarto ficou American Pie - O Reecontro  com 10 milhões para um total mundial de 105 mi.

domingo, 22 de abril de 2012

Crítica: Cleópatra



Cleópatra, o filme que conta a história da mais famosa governante do Egito e seus amores Júlio César e Marco Antônio, marcou época como uma das maiores produções já feitas. Lançado em 1963, se seu orçamento (44 milhões de dólares, na época) fosse ajustado pela inflação, os gastos para produzi-lo chegariam a quase 340 milhões de dólares. Pórem, nas bilheterias o filme arrecadou 57 milhões, na época (o que hoje seriam incríveis 534 milhões). Só que somente metade (26 mi, portanto) foram para o estúdio 20th Century Fox, que por isso quase foi a falência (se não fosse por um certo filme chamado A Noviça Rebelde que foi extremamente popular e salvou o estúdio).
Cleópatra é um épico com visuais impressionantes. Dá pra se ver o porque de tanto dinheiro gasto. O filme também fornece boas performances de Elizabeth Taylor e Rex Harrison. Mas o filme peca com seu tempo de duração: as vezes parece que as 4 horas de filme poderiam ter sido mais resumidas. E acaba que o foco do filme não é Cleópatra mas sim Júlio César (nas primeiras duas horas) e Marco Antônio (nas últimas duas horas), sendo Cleópatra apenas a ligação entre os dois. Com certeza se você é fãs de épicos (ainda mais daqueles que tentam ser os mais grandiosos posssivéis) vai gostar deste filme. No final, se fosse aguenta as 4 horas,acaba achando que vale a pena. Mas é claro que este épico está longe de ter a qualidade de outros como ...E O Vento Levou ou Ben-Hur, estes sim que justificam seus longos tempos de duração (3:50 e 3:30, respectivamente).

Grandes Franquias III: Pânico

Normalmente as franquias de terror, principalmente dos slasher movies (filmes em que um assassino persegue e mata diversas vítimas, normalmente jovens) não respeitam os seus fãs e começam a fazer sequências e mais sequências, fugindo muito do filme original que normalmente tende a ser o melhor da série (ex.: Halloween, que entre continuações e remakes já tem 10 filmes e Sexta-Feira 13, com 12 filmes, incluindo um crossover com Freddy Krueger de A Hora do Pesadelo - outro ótimo exemplo). Pânico talvez seja a série com maior respeito, já que todos os seus quatro filmes foram dirigidos pela mesma pessoa (o mestre do terror, Wes Craven), com o mesmo trio de  protagonistas (Neve Campbell, David Arquette e Courteney Cox) e seguindo o mesmo padrão. Devo confessar que não sou fã de filmes com muita violência gráfica como Jogos Mortais ou Aniversário Macabro do próprio Craven. Tanto que meus filmes de terror favorito (Poltergeist, Quadrilogia Pânico, Trilogia Atividade Paranormal, A Hora do Espanto, A Bruxa de Blair, etc...) não contém muita violência gráfica. Mas, voltando a Pânico, vamos a um pouco mais sobre os quatro filmes:

-Pânico



Meu filme de terror favorito, Pânico foi revolucionário por justamente brincar com os clichês de filmes de terror. As citações a outros filmes  são constantes e a mocinha Sidney não fica apenas no papel de vítima, agindo quando é preciso. O "quem matou?" utilizado pelo filme é muito instigante. Em muitos slasher movies nós já sabemos quem é o assassino,mas nesse filme não. Os assassinos e seus motivos (se eles tiverem, claro) só são revelados no final do filme. E os sobreviventes deste filme se tornaram tão amados que os três mais importantes continuam "vivos" até hoje. As críticas do filme foram excelentes e Pânico foi o responsável pela volta do gênero terror que estava em baixa quando o filme foi lançado em 1996. A bilheteria de mais de 170 milhões, juntamente com as ótimas críticas (não é preciso falar nada sobre a cena inicial com Drew Barrymore ou a final na casa de campo) levou ao surgimento de Pânico 2, 3 e 4. Se quiser ler a crítica de Pânico clique aqui.

-Pânico 2



Raramente a continuação de um filme consegue ser tão boa quanto o original (aliás, uma das piadas de metalinguagem deste filme é esta). Mas Pânico 2 é uma destas poucas. O filme mantém uma qualidade excelente, incomparavél com qualquer outra sequência de terror. Lançado um ano depois de Pânico, foi a única continuação (tanto em críticas quanto em bilheteria) a alcançar o sucesso do original. Apesar de Pânico 2 ter tido diversos problemas em sua produção (incluindo o vazamento do roteiro, obrigando ao roteirista Kevin Williamson - que também foi o de Pânico e Pânico 4- reescrever várias partes incluindo o final) em nada prejudicou-se a qualidade do filme. Bacana, também, as frases dos posteres. A de Pânico diz: "Alguém levou seu amor por filmes de terror longe demais". Já a de Pânico 2 diz: "Alguém levou seu amor por sequências longe demais".

-Pânico 3



Considerado por muitos (inclusive este que vos fala, apesar de gostar do final da trilogia) o pior filme da franquia (em termos de bilheteria também), foi lançado em 2000. As críticas principais foram que Pânico 3 explora os clichés de filmes de terror que os dois filmes anteriores tão bem criticaram. Se no primeiro filme a morte de Drew Barrymore (a atriz mais famosa do elenco) nos primeiros dez minutos indicava que qualquer personagem poderia morrer, a partir deste filme já era certeza que o trio Sidney, Gale e Dewey (Campbell, Cox e Arquette, respectivamente) iriam sobreviver. Apesar de ter sido o final da primeira trilogia, a franquia Pânico ainda ressurgiria 11 anos depois em...

-Pânico 4



Pânico 4 foi uma tentativa de trazer a franquia Pânico de volta. Recebido com críticas mistas e tendo feito uma bilheteria não muito satisfatória, os trailers e cartazes de Pânico 4 enfatizavam as novas regras. Se este filme não conseguiu chegar aos pés dos dois primeiros, pelo menos foi melhor que o terceiro e trouxe de volta o Ghostface e o trio de sobreviventes, para a alegria dos fãs da franquia. Sobre um possível Pânico 5, não há nenhuma informação oficial, mas Wes Craven e Kevin Williamson disseram que tem uma obrigação contratual para fazê-lo. Quando? Bem, tomara que antes de Pânico 4 completar 11 anos.

terça-feira, 17 de abril de 2012

Jogos Vorazes em Primeiro pelo 4° Fim de Semana Seguido e Titanic é Novamente o Rei do Mundo


Pelo 4º fim de semana seguido, Jogos Vorazes ficou em primeiro lugar nas bilheterias dos E.U.A e Canadá com 21 milhões elevando seu total por lá a incríveis 337 milhões. Desde Avatar, um filme não ficava 4 finais de semana seguidos em 1° lugar e Jogos Vorazes parece agora não ter problemas para passar os 370 milhões, uma quantia extraordinária para uma não-sequência (na verdade uma quantia extraordinária para qualquer filme). Jogos desbancou os dois grandes lançamentos da semana: a comédia pastelão Os Três Patetas e a comédia de terror The Cabin in The Woods (ainda sem título em português mas que a tradução literal seria "A Cabana na Floresta"). Os Patetas conseguiram 17 milhões de dólares o que não é ruim para uma adaptação de um programa de TV dos anos 30 e 40 . E The Cabin fez 15 milhões um bom começo para um filme que é uma comédia de terror e que aparentemente está gerando um bom boca-a-boca.


E fora dos E.U.A e Canadá quem dominou foi Titanic 3D, com surpreendentes 99 milhões de dólares, o que fez com que Titanic ultrapassasse os 2 bilhões e Titanic 3D se tornasse o relançamento 3D de maior sucesso até agora. Essa quantia se deve principalmente a uma gigantesca abertura na China em que desde sua estreia na terça, o filme já fez 67 milhões. Isso coloca Titanic 3D como a melhor estreia na história da China, título que antes pertencia a Transformers 3 com 56 mi. Só nos seus primeiros dias na China, Titanic 3D já ultrapassou todo o total que Titanic arrecadou por lá em seu lançamento original: 44 milhões. Em segundo lugar ficou o estreante Batalha Naval, com ótimos 55 mi em 26 mercados, o que segundo a Universal é mais ou menos 70% a mais que John Carter e 72% a mais que Fúria de Titãs 2, nesses mesmos mercados no final de semana de estreia. Em terceiro, Jogos Vorazes com 16 milhões de dólares elevando seu total mundial a mais de 500 mi. E em quarto, o líder das duas semanas anteriores, Fúria de Titãs 2 com 15 milhões, quantia que coloca seu total mundial em 258 mi. Faltando apenas um país (Japão) para o filme  estrear Fúria 2 não tem chance nenhuma de alcançar o total mundial de seu antecessor: 493 milhões.

domingo, 15 de abril de 2012

Crítica: Titanic



Titanic (1997) é o meu filme favorito e por isso já topei me emocionar com o filme exatas 20 vezes, sendo a vigésima está sexta-feira, 13, em que o filme reestreou no Brasil em 3D, no ano em que o naufrágio completa 100 anos e o filme original completa 15. É incrível como esse filme. dirigido por James Cameron, consegue mexer com os sentimentos de todos que o assistem. A história do amor proibido de Jack (jovem aventureiro pobre, interpretado por Leonardo DiCaprio) e Rose (menina rica infeliz com sua vida, interpretada por Kate Winslet) indo contra a família e o noivo dela em meio a fatídica viagem inaugural do Titanic em 1912.
O filme se divide em duas partes: a de antes do Titanic colidir com o iceberg (que já é cheia de problemas para os protagonistas) e a de depois da colisão (em que os problemas são multiplicados por mil). Na primeira parte somos introduzidos a Gloria Stuart (perfeita) como a Rose velhinha que conta os fatos da tragédia. Assim começa o flashback que dura quase todas as 3:20 hrs de filme. Podemos perceber como o amor de Jack e Rose vai aumentando conforme o passar do filme. Leonardo DiCaprio cumpre muito bem o seu papel e Kate Winslet, que mesmo tendo se saído ótima nos testes ainda teve que insistir muito para ganhar o papel, está excelente. É excepcional que com apenas 21 anos que tinha na época já conseguia encarar um papel tão intenso com tanta perfeição. Ainda ótimas temos Frances Fisher como a mãe da Rose e Kathy Bates como a "inafundavél" Molly Brown. É interessante como na parte final do final do filme não nos emocionamos somente com Rose e Jack mas também com os atores coadjuvantes e seus temas como o pai se despedindo da esposa e das filhas, ou da mãe que conta uma história para que as crianças durmam, já que não conseguirão se salvar. Vemos também que o dinheiro e poder foi um fator determinante para aqueles que se salvaram. E temos o triste final, que muitos não gostam, mas convenhamos que talvez o momento mais emocionante do filme seja quando Rose solta a mão de Jack. Não é preciso falar dos efeitos especiais que são fantásticos: você realmente acha que aquele é o naufrágio real do Titanic gravado. A trilha sonora também é fantástica e cada vez que alguma música instrumental toca, as emoções só se intensificam. A versão de "My Heart Will Go On" cantada por Céline Dion nos créditos do filmes, apesar de já ter sido repetida a exaustão é excelente. E ver este filme no cinema e ainda com um ótimo 3D faz com que você fique mais próximo do Titanic. No final, recomendo este épico maravilhoso ganhador de 11 Oscars a todos.

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Titanic Reestreia no Brasil Amanhã e Relançamentos em 3D São um Bom Negócio

Poster do Lançamento Original
Poster do Relançamento em 3D
  O relançamento de Titanic em 3D no Brasil é, para mim, um momento muito aguardado. Não só porque Titanic é o meu filme favorito (o meu segundo favorito é ...E O Vento Levou, como já havia dito aqui, e o terceiro é Casablanca) mas também porque nunca o vi na telona. Creio também que todos os outros fãs deste filme vencedor de 12 Oscars devem estar ansiosos para que chegue logo amanhã. Neste final de semana posto aqui a crítica sobre o filme (e, me desculpem, mas não pouparei elogios). Sobre o desempenho do filme nas bilheterias: Titanic 3D fez até terça-feira, 30 milhões nos E.U.A e mais 50 milhões no resto do mundo, o que eleva seu total a extraordinários $1,926,000,000. As críticas que o filme recebeu sempre foram boas e a conversão do filme para o 3D foi elogiada (claro, se tratando de James Cameron....).Conversão essa aliás que custou apenas 18 milhões de doláres (e olha que o filme tem 3:20 hrs),mostrando mais uma vez porque os estúdios estão investindo tando em relançamentos em 3D. Este ano ainda teremos Procurando Nemo em 3D, e ano que vem já são três filmes agendados: Monstros S.A, Jurassic Park e A Pequena Sereia. Levando-se em consideração os baixos custos, os desempenhos dos quatro relançamentos que tivemos até hoje (O Rei Leão com 174 milhões, A Bela e a Fera com 53 milhões, Star Wars Episódio I com 100 milhões e Titanic com 80 milhões e contando), os relançamentos em 3D se mostraram um bom negócio para os estúdios.

terça-feira, 10 de abril de 2012

Jogos Vorazes passa os 300 milhões nos E.U.A, no resto do mundo Fúria de Titãs 2 em 1°


Não deu nem para  American Pie: O Reencontro nem para o relançamento de Titanic, em 3D. Jogos Vorazes dominou durante o feriado de Páscoa, pelo terceiro final de semana seguido, com 33 milhões de dólares, o que elevou seu total para 302 milhões até domingo. Nesta segunda foram mais 4 milhões e com mais de 306 milhões no cofre é muito provável que o filme fará até mais que 350 milhões, uma quantia excelente já que hoje em dia raramente um filme não-sequência consegue ultrapassar os 300 milhões. Em segundo lugar ficou American Pie: O Reencontro que ressuscita a franquia American Pie após 9 anos do terceiro filme. Somando-se todo este tempo aos diversos filmes lançados direto em DVD sob péssimas críticas, o desempenho de O Reencontro nos E.U.A não foi muito satisfatório com 21 milhões e meio de dólares. Com bem menos do que American Pie 2 e 3 fizeram em seus finais de semana de estreia (45 e 33 milhões, respectivamente), este parece que será o primeiro American Pie a não passar os cem milhões no E.U.A. E na quarta-feira de páscoa, Titanic voltou aos cinemas. O relançamento em 3D do primeiro filme na história a ultrapassar o bilhão, fez 25 milhões no seus primeiros 5 dias. Se analisarmos esse mesmo período de tempo para os outros relançamentos em 3D (O Rei Leão, A Bela e a Fera e Star Wars Episódio I) somente O Rei Leão fez mais que Titanic, mas a comparação não é tão justa já que Titanic tem mais que 3 horas de duração contra 1h30min do Rei. Essa segunda Titanic se segurou bem nas bilheterias,fazendo mais 2 milhões.


Já fora dos E.U.A, quem ficou em primeiro pelo 2° fim de semana seguido foi Fúria de Titãs 2 com 42 milhões, elevando seu total fora dos E.U.A a mais de 150 milhões. Em segundo lugar ficou Titanic em 3D, que abriu em 84 países e conseguiu 35 milhões elevando o seu total (somado, obviamente a de seu lançamento original) a 1 bilhão e 280 milhões e mais de $1,900,000,000 contando com os E.U.A. Com isso é provável que Titanic será o segundo filme na história (o 1° foi Avatar) a ultrapassar os dois bilhões mundialmente. Em terceiro, Jogos Vorazes com 27 milhões para um total de 158 milhões, bem menos que seu total nos E.U.A. E em quarto American Pie: O Reencontro, com mais de 19 milhões que segundo a Universal é um recorde fora dos E.U.A. para a franquia. A partir de hoje toda semana teremos a atualização das bilheterias.

quinta-feira, 5 de abril de 2012

As Maiores Bilheterias Mundiais de 2011

Eu já havia publicado aqui no blog, a lista das maiores bilheterias de 2011. Porém, como dissse, aquela lista ainda sofreria algumas mudançaas visto que nem todos os filmes de 2011 já tinham estreado em todos o países ao redor do globo. Mas, agora que isto já ocorreu, aqui está a lista (oficial) das 10 Maiores Bilheterias pelo Mundo Todo:


1-Harry Potter e as Relíquias da Morte, parte 2 ($1,328,100,000)
2-Transformers 3 ($1,123,700,000)
3-Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas ($1,043,900,000)
4-Amanhecer, parte 1 ($705,100,000)
5-Missão Impossível: Protocolo Fantasma ($692,900,000)
6-Kung Fu Panda 2 ($665,700,000)
7-Velozes e Furiosos 5 ($626,100,000)
8-Se Beber, Não Case, parte II ($581,500,000)
9-Os Smurfs ($562,500,000)
10-Carros 2 ($551,900,000)

Vencedores do Framboesa de Ouro 2012

E há alguns dias, foi anunciado os vencedores do Framboesa de Ouro, que premiou o piores do ano de 2011. E pela primeira vez na história um único filme venceu em todas as categorias. O filme foi Cada um Tem a Gêmea que Merece, em que Adam Sandler interpreta dois papéis: o de Jack e de sua irmã gêmea Jill, o que explica ele ter levado o prêmio de Melhor Atriz, também. Acreditem, eu (infelizmente) assiti a este filme no cinema e ele é realmente péssimo, não se salvando em nenhum aspecto. Além de se dizer uma comédia, mas não ser nada engraçado, o filme ainda coloca os atores (Sandler, Katie Holmes, Al Pacino e todo o elenco) em papéis totalmente rídiculos. Bem, vamos aos vencedores:
- Pior Filme: "Cada um tem a Gêmea que Merece"
- Pior Diretor: Dennis Dugan por "Cada um tem a Gêmea que Merece" & "Esposa de Mentirinha"
- Pior Ator: Adam Sandler por "Cada um tem a Gêmea que Merece" (como Jack) & "Esposa de Mentirinha"
- Pior Atriz: Adam Sandler por "Cada um tem a Gêmea que Merece" (como Jill)
- Pior Ator Coadjuvante: Al Pacino por "Cada um tem a Gêmea que Merece"
- Pior Atriz Coadjuvante: David Spade por "Cada um tem a Gêmea que Merece" (como Monica)
- Pior Dupla: Adam Sandler e Katie Holmes ou Al Pacino ou Adam Sandler por "Cada um tem a Gêmea que Merece"
- Pior Prelúdio, Remake, Cópia ou Sequência: "Cada um tem a Gêmea que Merece" (Remake/Cópia de "Glen ou Glenda")
- Pior Roteiro: Adam Sandler, Ben Zook, Steve Koren e Robert Smigel por "Cada um tem a Gêmea que Merece"
- Pior Elenco: "Cada um tem a Gêmea que Merece"

domingo, 1 de abril de 2012

Os 10 Maiores Vilões do Cinema segundo a AFI (American Film Institute)

Em 2003 a AFI (American Filme Institute) divulgou mais uma de suas listas. Dessa vez elegendo os 50 maiores heróis e os 50 vilões do cinema. Abaixo segue a lista com os 10 maiores vilões e em breve publicaremos também a lista dos 10 maiores heróis. E se quiser ver a lista anteriormente publicada aqui no blog, a dos Melhores Filmes, clique aqui.

1) Hannibal Lecter, interpretado por Anthony Hopkins em "O Silêncio dos Inocentes"




Hannibal Lecter, o psiquiatra e psicopata canibal de O Silêncio dos Inocentes de 1991 é o primeiro lugar da lista. Este filme é inegavelmente uma obra-prima do terror assim como seu vilão é pura maldade (seja psicológica ou física). O personagem voltaria a aparecer em outros filmes e estaria até mais canibalesco em Hannibal. Aliás a heroína de O Silêncio dos Inocentes, Clarice Starling interpretada por Jodie Foster aparece no top 10 dos heróis.

2) Norman Bates, interpretado por Anthony Perkins em "Psicose"



Norman Bates é o vilão de Psicose de 1960 e que talvez seja o maior filme do grande diretor Alfred Hitchcock. A cena em que o psicopata Bates mata Marion Crane a facadas no chuveiro se tornou uma das cenas mais conhecidas da história. Mesmo quem nunca viu esse filme, sabe de que cena estou falando.

3) Darth Vader, interpretado por David Prowse (voz de James Earl Jones) em "Star Wars Episódio V: O Império Contra-Ataca"



Darth Vader é um dos vilões mais conhecidos e aparece em terceiro na lista da AFI. Ao contrário do que poderia se pensar ele ocupa essa posição, não pelo primeiro filme de Star Wars lançado (Episódio IV) mas pelo segundo O Império Contra-Ataca em 1980. Talvez porque os jurados da AFI pensaram que neste filme ele estava mais vilanesco.

4) A Bruxa Malvada do Oeste, interpretada por Margaret Hamilton em "O Mágico de Oz"



A Bruxa Malvada do Oeste é a vilã do clássico O Mágico de Oz de 1939. Ao lado de seus macacos voadores, ela apronta muitas maldades por toda a Terra de Oz, mas é facilmente vencida por Dorothy. Como? Bem, digamos que bruxas não gostem muito de água.

5) Enfermeira Ratched, interpretada por Louise Fletcher em "Um Estranho no Ninho"



A enfermeira Ratched é a tirana que controla a vida de todos os pacientes do hospício de Um Estranho no Ninho de 1975. Se não fosse por Randle McMurphy (interpretado brilhantemente por Jack Nicholson), que chega para mudar um pouco as regras. Mas no final, a vilã vence, de certa forma. Louise ganhou o Oscar de Melhor Atriz por sua peformance. Um Estranho no Ninho é até hoje um dos únicos três filmes a ganhar os Cinco Grande prêmios do Oscar: Melhor Filme, Atriz, Ator, Diretor e Roteiro.

6) Senhor Potter, interpretado por Lionel Barrymore em "A Felicidade Não Se Compra"



O Senhor Potter é o milionário antagonista de A Felicidade Não Se Compra filme lançado em 1946. Ambicioso, frio, antipático e sem coração, tudo o que faz é por dinheiro, sem nunca pensar nos outros. Este é Henry F. Potter, o homem mais rico e malvado de Benford Falls.

7) Alex Forrest, interpretada por Gleen Close em "Atração Fatal"



Alex Forrest é a louca ex-amante de Dan Gallagher (Michael Douglas), que não aceita o fim do relacionamento em Atração Fatal de 1987. Perseguir Dan, ferver o coelhino de sua filha e tentar matar sua esposa são só algumas das maldades de que Alex é capaz neste filme, que rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz a Gleen Close.

8) Phyllis Dietrichson, interpretada por Barbara Stanwyck em "Pacto de Sangue"



Phyllis Dietrichson talvez seja a vilã menos conhecida deste top 10. Do filme Pacto de Sangue, um clássico noir de 1944. Phyllis arma um plano para que seu amante, corretor de seguros, assassine seu marido após lhe vender um seguro de vida. Barbara foi indicada ao Oscar de Melhor Atriz mas não levou o prêmio para casa.

9) Pazuzu, interpretado por Linda Blair (voz de Mercedes McCambridge) em "O Exorcista"



Pazuzu é o nome do espírito demoníaco que possui a garotinha de 12 anos Regan Macneil, em O Exorcista, um dos melhores filmes de terror já feitos, lançado em 1973. Atancando os outros verbal, fisica e psicologicamente, só mesmo um exorcista para conseguir livrar Regan deste demônio.

10) A Rainha Má (voz de Lucille de Verne) em "Branca de Neve e Os Sete Anões"



A única vilã de um filme de animação do top 10, a Rainha Má de Branca de Neve e Os Setes Anões de 1937 é mais uma das poderosas vilãs de galeria da Disney. Mas o que a faz ser mais malvada que a Malévola de A Bela Adormecida ou a Úrsula de A Pequena Sereia? Talvez a sua frieza e vaidade acima de tudo. Além de fazer Branca de Neve de escrava, manda e tenta matá-la com uma das armas mais conhecidas do cinema: a Maça Envenenada.

Jogos Vorazes Ainda Domina... Pelo Menos nos E.U.A e Canadá

Em seu segundo final de semana, Jogos Vorazes continuou a dominar as bilheterias dos E.U.A e Canadá, com 61 milhões vencendo assim os estrantes Fúria de Titãs 2, que fez 34 milhões, e Espelho, Espelho Meu, com 19 milhões.O total de Jogos Vorazes já passa de 250 milhões por lá, total que o filme atingiu neste domingo, em apenas 10 dias sendo o quinto filme (e primeiro, entre as não-sequências) a mais rapidamente conseguir tal feito. Com esse excelente total se torna cada vez mais provavél que Jogos conseguirá até 350 milhões.Já no resto do mundo, o filme já acumula 113 milhões, um total nada extraordinário mas que não chega a ser ruim. É provavél que Jogos Vorazes só deixe de ocupar a primeira posição nas bilheterias norte americanas na quarta-feira quando enfrenta seu primeiro grande oponente: Titanic em 3D.