sábado, 17 de novembro de 2012

Crítica: Amanhecer Parte 2 - O Final


Não sou fã de Crepúsculo. Além do filme desta crítica o único outro da Saga que vi foi o 1° Crepúsculo.
Então, não tenho como tecer comparações com Amanhecer Parte 2- O Final, e os outros três filmes anteriores. 
Amanhecer Parte 2, começa de onde o filme anterior parou e prepara o terreno para a grande batalha entre os Cullen e seus aliados contra os Volturi. Amanhecer Parte 2 não é ruim (ao contrário do que achei que seria) e é melhor que Crepúsculo em todos os aspectos. O grande problema de Amanhecer é o roteiro que, ás vezes, perde o ritmo. Mas algumas boas reviravoltas e surpresas suprem algumas falhas que o roteiro possa ter. Os atores dão atuações decentes. Nenhuma tão boa nem tão ruim que seja digna de nota. Os efeitos especiais são bons, com exceção do bebê filho de Bella e Edward logo no começo do filme. A grande batalha, o ápice deste filme, tem uma ótima ação e a grande surpresa do filme é (para quem não leu os livros, claro) totalmente inesperada. 
É incrível a reação que a Saga Crepúsculo tem nos fãs. Havia até gente chorando no cinema. Amanhecer Parte 2 - O Final é um filme bom, nada de espetacular, mas que serve como um passatempo. É muito melhor do que Crepúsculo e, dizem não só os fãs da Saga mas os críticos, que é melhor do que todos os outros filmes da franquia. Certamente Crepúsculo não será uma Saga que viverá para sempre na   memória dos não-fãs, mas este final vale a pena ser conferido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário