quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Análise: Contos de Fada: Um Gênero Difícil

Filmes em live-action que são adaptações de contos de fada ficaram em alta após o mega sucesso de Alice no País das Maravilhas em 2010, quando fez mais de US$1 bilhão nas bilheterias. Os estúdios logo correram atrás de contos para serem adaptados.
Com isso tivemos já em Março de 2011, duas adaptações. A primeira foi A Fera, adaptação de A Bela e A Fera, e A Garota da Capa Vermelha que adapta Chapeuzinho Vermelho. Mas não foram boas notícias que esses filmes receberam: ambos receberam péssimas críticas e fizeram bilheterias de, respectivamente, US$43 e US$89 milhões, quantias ruins.
Já 2012 foi o ano da Branca de Neve. Dois filmes sobre o conto clássico foram lançados. Primeiro tivemos, em Março, Espelho, Espelho Meu que fez uma quantia mais ou menos, de US$162 milhões (para um orçamento de US$85 mi). E o primeiro sucesso desde Alice: Branca de Neve e O Caçador com uma bilheteria de ótimos US$397 milhões. Ambos os filmes de 2012 receberam boas críticas.
Para 2013, três filmes do gênero foram/serão lançados. O lançamento de João e Maria: Caçadores de Bruxas (baseado no conto de João & Maria) ocorreu em Janeiro e o filme fez ótimos US$225 milhões para um orçamento de US$50 mi, apesar das péssimas críticas. Nessa sexta, dia 1° de Março, estreará Jack: O Caçador de Gigantes, baseado nas histórias de João e O Pé-de-Feijão e Jõao, o Matador de Gigantes (contos que, na verdade, não são sobre o mesmo personagem). Jack vem recebendo boas críticas. Entretanto, o filme tem um orçamento monstruoso de US$195 milhões, o que faz com que seja necessário que Jack tenha uma bilheteria de pelo menos US$400 mi para que seja considerado um sucesso. E é pouco provável que o filme consiga alcançar tais valores. Ainda mas que ele baterá de frente com outra adaptação, esta que tenta alcançar os valores obtidos por Alice: Oz - Mágico e Poderoso (que é um prelúdio de O Mágico de Oz). O filme estreia dia 8 (uma semana após Jack, portanto) e deve fazer um total de pelo menos US$650 milhões mundiais, uma ótima quantia.
Já em 2014, só um lançamento por enquanto: Malévola (que conta a história da vilã de Bela Adormecida), que está em produção a bastante tempo e tentará ser a Alice (ou pelo menos o Oz) do ano que vem. Com isso parece que a forma mais fácil de se fazer um sucesso baseado em Contos de Fadas é ser lançado pela Disney como Alice, Oz e Malévola ou então ter um orçamento mais baixo do que a média de US$130 milhões considerando os lançamentos listados acima.

Um comentário:

  1. Ainda acho que todos os filmes live-action (incluindo Alice) deixaram muito a desejar, embora tenham acertado em alguns pontos. A Garota da Capa Vermelha chegou destruindo minha infância e meus sonhos. Tenho grandes esperanças para Oz e Malévola.

    ResponderExcluir