segunda-feira, 4 de março de 2013

Análise: O péssimo ano da Paramount

Quem ganhou a guerra dos estúdios nas bilheterias norte-americanas ano passado foi a Sony, que teve seu melhor ano na história (aliás, 2012 foi um ano recorde nas bilheterias - o melhor da história). Em seguida ficaram Warner Bros., Disney, Universal, Lionsgate, 20th Century Fox e Paramount. Esta última teve, aliás um péssimo ano.
A Paramount fez em 2012 uma bilheteria anual de US$914 milhões, 53% menor que 2011, 47% menor que 2010 e o pior ano desde 2005. Em 2012 seu maior sucesso por lá foi Madagascar 3 (US$216 milhões), seguido de O Voo (US$92 mi) e A Origem dos Guardiões (US$91 mi). Os motivos desde péssimo ano são vários: o primeiro foi que os direitos sobre os filmes da Marvel são agora da Disney. Em 2011, US$357 milhões da Paramount foram de filmes Marveianos. Depois por causa da falta de grandes lançamentos (esse o principal motivo). Em 2013 as coisas devem ser ainda piores já que os filmes da Dreamworks Animation agora são distribuídos pela Fox. Os filmes da Dreamworks foram responsáveis por 34% da bilheteria da Paramount ano passado.
Para este ano a sequência de G.I. Joe deve fazer uns US$130 milhões, Star Trek - Além da Escuridão vem da bilheteria de quase US$257 milhões do filme anterior e aclamação por crítica e público e deve fazer pelo menos US$220 mi, e Guerra Mundial Z também tem cara de blockbuster. Mesmo assim o ano deve ser pior que 2012. Veremos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário