sábado, 6 de abril de 2013

Divulgado 1° Trailer Completo de Carrie, a Estranha

Carrie, a Estranha. Como eu amo esse livro. Stephen King escreveu uma verdadeira perfeição em Carrie, a história de uma garota que sofre bullyings terríveis na escola. Em casa, ela ainda tem que aguentar a mãe Margaret, religiosa fánatica que vê pecado em tudo e tranca Carrie no armário quando acha que ela pecou. Quando Carrie menstrua pela primeira vez com 17 anos no vestiário da escola sem ter nenhuma noção do que é isso, ficando assustada, todas as garotas começam a humilha-la e jogam absorventes na cara dela. A professora de eduação física, Miss Dejardin, ordena que todas as garotas que fizeram bullying com Carrie fiquem uma semana de detenção. Entretanto a líder dos bullyings contra Carrie, Chris, não vai a detenção e por iss é banida do baile de formatura. No meio de tudo, uma garota, Sue, quer fazer algo de bom pela pobre menina solitária como pedido de desculpas pela cena do vestiário e manda que seu namorado, um dos garotos mais bonitos da escola, convide Carrie para o baile de formatura. Sua mãe não quer que ela vá ao baile, mas Carrie vai assim mesmo. A malvada Chris e seu namorado Billy, entretanto, planejam se vingar de Carrie fazendo com que, quando ela for eleita rainha do baile, um balde cheio de sangue de porco sobre ela. A pegadinha dá certo e todos riem de Carrie, mas o que eles não sabem é que a garota tem poderes telecinéticos. Com esses poderes, Carrie decide se vingar uma vez por todas de todas as pessoas que fizeram de sua vida um inferno.
Não vou contar o que acontece depois, mas já deu para se ter uma ideia de como o livro é pesado. Depois que o li há três anos, ainda fiquei umas duas semanas pensando na sua história (e recomendo que quem nunca o leu, o faça). O livro já foi adaptado para o cinema num filme de 1976, que inclusive foi indicado aos Oscars de Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante, algo rarríssimo. Esse filme, inclusive, permanece como um dos melhores filmes de terror já feito.
Carrie, a Estranha ganhará sua segunda adaptação aos cinemas este ano, em outubro, mais fiel do que
o primeiro filme e dirigido por Kimberly Peirce. Chloë Grace Moretz (que já protagonizou outro terror, excelente, Deixe-me Entrar) e Julianne Moore interpretam respectivamente Carrie e sua mãe. O primeiro trailer completo saiu ontem e segue abaixo. Cada vez mais minha ansiedade para esse filme aumenta.


Nenhum comentário:

Postar um comentário