sábado, 8 de junho de 2013

Crítica: O Grande Gatsby



Os trailers de O Grande Gatsby (The Great Gatsby,2013) aparentemente  prometiam duas coisas a quem fosse assistir ao filme: visuais belíssimos e uma ótima trilha sonora. Mas é sempre bom ver que tem mais.
A adaptação do livro de F. Scot Fitzgerald dirigida por Baz Lurhman não peca no visual. Todas as festas gigantes, todas as mansões, toda a Nova York dos 1920 e todos os cenários inteiramente de CGI são perfeitos e realmente de encher os olhos (e o 3D, ainda que não muito necessário, realça isso tudo). Como o diretor já fez em seus outros filmes, aqui ele novamente mistura música atual com um filme de época. Mas o contraste cai muito bem e sobram ótimas músicas principalmente "Young and Beautiful" de Lana del Rey, "Over the Love" de Florence + the machine e "A Little Party Never Killed Nobody (All We Got)" de Fergie, Q Tip & Goon Rock.
Quanto ao roteiro, vale eu dizer uma coisa: eu ainda não li o livro que este filme adapta (mas certamente pretendo) e por isso não posso dizer se ele funciona quanto adaptação ou não. Mas posso dizer que é sim um bom roteiro. Só achei, infelizmente, que alguns personagens mereciam ter tido mais tempo em cena para serem mais bem desenvolvidos, como Myrtle Wilson (Isla Fisher) e Jordan Baker (Elizabeth Debicki), ambas com excelentes atuações. Aliás, o elenco é o melhor do filme com Leonardo DiCaprio, Carey Mulligan e Toeby Maguire muito bem como o trio de protagonistas Gatsby, Daisy e Nick - especialmente os dois primeiros que estão magnetizantes em seus papéis. E não podemos enquecer ainda de Joel Edgerton que interpreta com excelência o marido de Daisy, Tom Buchanan.
Entre os melhores momentos de O Grande Gatsby estão o bonito reencontro de Jay Gatsby e Daisy e todo  o dia clímax do filme. O final, por mais frustrante que possa ser para alguns, condiz com tudo o que o filme apresentou sobre as emoções (ou a falta de) nos seres humanos.
Se O Grande Gatsby está longe de ser um outro Moulin Rouge! para Baz Lurhman, ainda sim é um ótimo drama com muito de bom a oferecer a quem o assiste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário